Café na Horta: na contramão do consumo

0
461

Edição de Julho de 2015

Café na Horta

Café na Horta Fotos: Clarissa Passos

Na contramão do consumo

Por Clarissa Passos

 

A reflexão sobre o consumo foi o principal objetivo do ‘Café na Horta’. O modo como as pessoas se alimentam, a forma como os alimentos são preparados hoje em dia, foram algumas reflexões propostas.

No dia 13 de junho, aconteceu a 1ª edição do evento no Recanto Eko aqui no Urbanova, que contou com vários expositores de gastronomia natural e artesanato, e a presença de mais de 500 pessoas preocupadas com a saúde, como famílias, jovens, adultos, idosos, atletas e praticantes de atividades físicas. A organização do evento incentivou os participantes a irem de bicicleta e, muitos aderiram! “Nossos recursos estão se esgotando. O futuro dos nossos filhos vai ser bem diferente do nosso. Eles precisam ter consciência dos impactos causados pelo consumo desnecessário e a importância da preservação do meio ambiente para a qualidade de vida deles e das próximas gerações. Sou muito otimista. Acredito que a informação adequada transforma pessoas. Estamos andando na contramão do consumo. Creio que estamos no caminho certo”. Clarissa Passos, idealizadora do evento.

Houve a ‘troca de brinquedos’, na qual a criança levava seu brinquedo, colocava o nome e trocava por outro brinquedo que gostasse. Essa atividade foi planejada com a finalidade de estimular a autonomia das crianças promovendo o consumo colaborativo.

Contemplar a natureza e os pássaros são atitudes que ajudam a desacelerar. Colocar o pé no chão e sentir a brisa, trocar informações, conhecer os vizinhos, olhar nos olhos, se esquecer de verificar postagens toda hora e viver a vida no mundo real. Essa foi a proposta do ‘Café na Horta’, ver o alimento sair da terra, comer bem com consciência, degustar o que vem da natureza e é feito com carinho por mãos, não por máquinas. Sentir o aroma de algo preparado por alguém que faz porque gosta e que respeita todo o ciclo da natureza. Trocar brinquedos e não compra-los. Músicas com histórias sobre a nossa cultura, e atividades simples e lúdicas para a criança brincar com a família ao ar livre.

Por todos esses motivos, o local não poderia ter sido melhor, pois é um belo exemplo de respeito à natureza. O Recanto Eko foi uma área degradada que foi transformada e vem sendo recuperada desde 2004.  Seus lagos eram cavas de areia e hoje têm vida. A natureza voltou! E tudo mais retornou também. Lá você vê espécies raras de pássaros e animais. Será que teriam esses bichos caso aquela mata não estivesse ali? Provavelmente não.

 

IMG_8736

Resíduos

Preocupados com a geração de resíduos que um evento produz, a organização procurou incentivar o uso da caneca ao invés do copo descartável. O visitante levou sua caneca de casa e assim tinha desconto para comprar cafés, chá ou sucos.

Horta orgânica

A horta estava aberta no dia do evento. Para quem ainda não conhecia foi uma ótima oportunidade para ver de perto, conhecer mais sobre a agricultura orgânica e levar para casa. Lá também houve venda de tilápia inteira pescada no dia. Os peixes são criados em tanque nos lagos recuperados dentro do sítio.

A data da próxima edição será divulgada em breve.  Você pode acompanhar na página www.facebook.com/cafenahorta.


“O evento foi pensado IMG_8783na rotina corrida das pessoas, ter um local para parar e contemplar a natureza que está tão pertinho de todos. Poder observar o trabalhar da terra até o que colocamos a mesa, principalmente para os pequenos. Queremos divulgar que todos podem ter um estilo de vida saudável, consumindo aquilo que a natureza nos oferece. Tudo isso num ambiente belo, reunindo pessoas com pensamentos e hábitos saudáveis. E  abrindo oportunidade para os expositores, pequenos empreendedores que estão iniciando e que possuem experiências e conhecimentos sobre a alimentação inteligente e saudável para compartilhar conhecimento”. Frances Hyodo, uma das organizadoras do evento.

“Pensem num evento que deu certo! Estava tudo tão agradável e organizado. Parece que todo mundo estava esperando por isso.” Virginia Costa, visitante e moradora do bairro.

“Delícia de evento, de organização, de lugar e que pessoas educadas. Ficamos com gostinho de quero mais. Esperando a próxima!.”  Regiane Davanzo, expositora de artesanato.IMG_8528

“Me reportei a infância, na casa da minha vó ao me deparar com pilão, doce caseiro, horta, mudas e gente bacana”. Hilda Lima, Neuropsicopedagoga

“O sucesso é resultado de muito empenho, muito tempo pensando em agradar o próximo e muita dedicação! Parabéns pela iniciativa e organização de evento tão maravilhoso! Estava tudo lindo e de primeira qualidade, além do local mais
que apropriado!!! Esperando pelo segundo encontro!”. Regina Morgan, visitante.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here