Caminhos da Arquitetura

0
1344

Viagens simples e acessíveis.

Imagine uma viagem monitorada, que te ofereça informações sobre as referências da arquitetura brasileira, com suas intervenções e traços marcantes. É exatamente essa a proposta do projeto Caminhos da Arquitetura, criado pelos arquitetos Marcelo Guedes e Vinie Pedra, em São José dos Campos.

O projeto Caminhos da Arquitetura já percorreu 10 cidades, dentre elas Paraty, Rio de Janeiro, São Paulo, São Luiz do Paraitinga, Belo Horizonte, foram mais de 3.500km de estrada. O principal objetivo das viagens é ensinar arquitetura da maneira mais agradável possível, transmitindo uma visão diferenciada e histórica sobre a peculiaridade da arquitetura de cada local.

Os passeios reúnem estudantes de arquitetura, arquitetos e pessoas que tenham interesse em uma experiência diferente de viagem.  “Passamos do estilo colonial ao barroco, do moderno ao contemporâneo, do neoclássico ao modernismo, sempre auxiliados por arquitetos locais criando uma integração entre os participantes”, explicou a arquiteta Vinie Pedra.

O projeto recentemente completou 1 ano, dando início a segunda temporada de vivência arquitetônica na cidade de Guararema, com um incrível passeio de trem no trecho urbano até a estação de Luiz Carlos. No trem, totalmente restaurado, os viajantes puderam sentir a emoção de acompanhar a historia da cidade em um passeio bem agradável. No bairro de Luiz Carlos, as casas foram restauradas mantendo o valor do patrimônio da cidade contrastando com a capela e valorizando sua arquitetura. O comercio é bem diversificado com lojas, restaurantes e cafés.

“Em nossa vivencia em Guararema, vimos que os edifícios como a estação ferroviária confundem-se com a própria história da cidade, que foi palco do transporte de cargas e pessoas entre 1876 e a década de 1970. O Pontilhão, próximo à estação de trem, no centro da cidade, chama a atenção de todos que a veem devido à grandiosidade de sua arquitetura de origem inglesa. Passamos também pelo Cinema de Guararema de estilo art deco e seguindo pelas ruas com suas fachadas antigas e outras construções modernas que se misturam na paisagem urbana chegamos a igreja Matriz, ” a igreja de São Benedito”. A historia da igreja Matriz se junta com a cidade de Guararema onde a ex-escrava Maria Florência construiu em 1875 uma capela para seu santo de devoção “São Benedito”. Em 1890 com a estrada de ferro a capela foi demolida e em 1920 foi reconstruída como “igreja” parte em tijolos e parte em taipa. Mas somente de 1954 a 1956 a igreja foi demolida e reconstruída novamente da maneira como é hoje.

A cidade possui um centro comercial bem acolhedor com ruas organizadas e os viajantes puderam perceber também a revitalização do calçadão , o prédio da prefeitura municipal, o espaço cultural e a ilha fluvial num projeto de paisagismo acompanhado pelo arquiteto Jose Luis Freire que explicou toda a formação da ilha. os caminhos na ilha mostram a beleza do lugar rodeado pelas aguas do rio Paraíba do Sul. O replantio de árvores nativas foi coordenado num projeto pelo arquiteto que na época foi secretario da gestão municipal, conforme nos explicou.

Em seguida fomos a igreja de São Longuinho, a igreja da Freguesia da Escada, de arquitetura barroca, com paredes construídas em taipa de pilão e tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1941. Em 1982 a igreja passou por uma reforma definitiva quando foi construída uma grande praça em frente. Essa é a única igreja do Brasil com a imagem de São Longuinho em altar, santo devoto de vários fieis da igreja católica”, relatou o arquiteto Marcelo Guedes.

A vivência proporcionou momentos interessantes, nos quais a história de funde com os dias atuais e remete aos participantes a realidade de uma cidade que se mantem preservada.

Se você se ficou interessado em viver essa experiência, acesse a página do projeto no facebook: www.facebook.com/CaminhosdaArquitetura e acompanhe a agenda.

A próxima viagem será uma visita aos museus de São Paulo no dia 08 de outubro. Informações: caminhosarquitetura@gmail.com

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here