Caso Dap: apreensão continua para alguns clientes da agência

0
801

Na terça-feira (14) publicamos uma reportagem sobre um grupo de consumidores que resolveram se unir para denunciar a agência de viagem DAP por não cumprir os contratos e tornar as férias de algumas famílias um pesadelo.

Com a repercussão do problema, a agência se mobilizou para solucionar alguns dos casos divulgados. Foram feitos alguns reembolsos de viagens e clientes que aguardaram contratos e rescisões tiveram retorno. “Eu seguia influenciadores da cidade, comprei a viagem de férias com desconto de mil reais, por ser seguidora. Fechei o pacote no dia 03/01 e a única opção de pagamento que tive foi TED no valor à vista, só assim a agência liberaria o desconto. Depois disso, começaram os problemas, não conseguia pegar o contrato, recibo, e aí já comecei a desconfiar que era um golpe.  Hoje, depois de muito stress consegui o estorno do valor pago. O sentimento é de alivio, mas eu passei o pior pesadelo da minha vida, não comi, não dei atenção para minha família, não trabalhei direito, meu psicológico ficou abalado é um misto de sentimentos, o pior é que ainda eles conseguem fazer com que você pense que a CULPA é sua. Hoje me sinto como se o ano tivesse começado HOJE! E a lição é “Feche sempre sua viagem em uma agência segura, de procedência“, desabafou Márcia Duque.

O fato é que as reclamações continuam. “Adquiri um pacote de viagens pela internet no dia 01/01/2020 com a empresa DAP. Na venda foram muito solícitos e ágeis! Segundo eles, para garantir os valores, teríamos que fechar no dia, senão os valores subiriam, o que não é verdade. Se tentar cotar o pacote hoje, o valor é o mesmo! O contrato foi assinado virtualmente. Houve problema com o pagamento on-line e enviaram um representante até minha casa para o recebimento, no dia 06/01/2020. Ele trouxe uma máquina de cartão e efetivei o pagamento, de forma parcelada (5X). Havia a promessa de que um supervisor de vendas entraria em contato comigo para fazer os acertos finais, como a escolha do quarto, assentos do avião e despacho de bagagens. Este “supervisor de vendas” nunca entrou em contato, o que me preocupou muito. O que me fez tomar a decisão de cancelar o serviço foi o fato de que eles não me enviaram recibo até o momento. Isso me faz crer que não é uma empresa séria! Ou seja, duas promessas não foram cumpridas: a de que o supervisor de vendas entraria em contato e o envio do recibo. No dia 09/01/2020 pedi o cancelamento por WhatsApp e formalizei por e-mail. Solicitei o cancelamento com devolução integral do valor, considerando que desistimos da compra em menos de 7 dias (a contar do pagamento). Enviei diversas mensagens, mas ainda não tive retorno e confirmação do estorno em meu cartão de crédito”, relatou H.S.

Marina comprou no ano passado um pacote completo para Orlando e Miami para viajar amanhã (18). Ela recebeu por volta das 15h desta sexta-feira (17) a informação de que seu vôo teve o horário alterado e ainda não recebeu nenhum voucher, nem do aéreo, hotéis, parques da Disney e aluguel de carro. No dia 20 de dezembro ela solicitou a agência o cancelamento da passagem do cunhado que viajaria junto. Segundo ela, até agora o reembolso não foi feito.

Outra cliente que se queixa da conduta da agência é Andrea Oliveira. Ela mora em São Bento do Sapucaí e comprou um pacote de viagem na DAP, com outras 6 pessoas. Apesar de ter conseguido viajar, relata o desgaste e problemas durante o passeio. “Viajamos, depois de muito stress, foi um pesadelo. Ela mudou nosso roteiro. Compramos Istambul/Dubai, com 15 dias de viagem. Era para termos retornado no dia 15 de janeiro, mas por orientação da agência da Capadócia e do Itamaraty resolvemos voltar antes. Chegamos dia 10 no Brasil. Compramos o pacote para ficarmos 2 dias em Istambul, depois iriamos pra Capadócia, na qual iriamos parando e conheceríamos 6 cidades e ficaríamos mais 4 dias em Dubai. Nada disso aconteceu. Acabamos ficando 9 dias em Istambul. Nada estava incluso. Isso porque pagamos tudo à vista, incluso café da manhã, jantares e passeios. Tivemos que pagar tudo do nosso bolso. Ela contratou nossos passeios de uma agência da Capadócia e não honrou. A agência cancelou o passeio por falta de pagamento da DAP. Foi um transtorno, um stress, um pesadelo. Ninguém imagina o que passamos lá. Nem é possível relatar aqui tudo o que deu errado, porque foram muitas coisas e quer saber mais? Pagamos a viagem duas vezes! Incialmente parcelado no cartão de crédito e, depois de ela oferecer uma condição excelente pagamos a vista. O estorno foi feito de apenas uma parte do valor. Continuamos aguardando o restante”.

Sobre esse caso, Débora Almeida, proprietária da DAP Viagens e Turismo informou que os passageiros receberão o estorno dos serviços não utilizados durante a viagem. Segundo ela, eles optaram em não utilizar. Sobre o estorno do cartão de crédito, ela não respondeu.

Temos nossa conversa registrada com a agência da Capadócia informando que nossos passeios haviam sido cancelados por falta de pagamento”, argumentou Andrea.

Os consumidores que se sentiram lesados criaram uma comissão para discutir os casos e estudar a possibilidade de uma ação coletiva. Existem outros casos que não foram relatados na reportagem e diversas pessoas com pacotes comprados, ainda sem os comprovantes. Outros solicitaram o cancelamento da viagem em função das denúncias, mas ainda aguardam confirmação e estorno.

Em resposta às denúncias, a proprietária da agência informou. “Todas as solicitações serão atendidas. Trata-se de uma questão pontual, que ocorreu apenas esse mês. Já não há mais pendências, agora, estamos apenas acompanhando todos os clientes em viagem”.

A maior parte dos consumidores alega ter confiado na agência e fechado os pacotes em função de ações de divulgação realizadas em parceria com influenciadores da região, o que deu credibilidade a marca.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here