Entrevista: Mobilidade Urbana em foco

0
852

O Urbanova cresceu e, não é novidade para ninguém, que os problemas de trânsito e transporte estão entre os mais preocupantes entre os moradores.

Fizemos um levantamento em nossas redes sociais de perguntas que nossos leitores gostariam de fazer ao Secretário de Mobilidade Urbana de São José dos Campos, Paulo Guimarães.

Em março, a prefeitura anunciou a Via Jaguari e, em entrevista coletiva, o prefeito mencionou que, em uma próxima etapa, essa via ligaria o Urbanova a zona norte. A comunidade do Urbanova se manifestou de maneira negativa em relação a essa possibilidade. Foi feito um estudo a respeito dessa ligação? A quem essa obra irá beneficiar?  

A obra da via Jaguari anunciada pelo prefeito, em coletiva e autorizada na câmara no dia 05 de abril contempla um novo acesso da região norte à central. A ligação com o Urbanova integra a segunda etapa que ainda está em fase de estudos e elaboração de projeto.

Sabemos que existem 15 milhões depositados pelos empreendimentos residenciais do Urbanova para a construção de um novo acesso ao bairro.  Segundo o prefeito Felicio Ramuth será feita uma nova ponte sobre o Rio Paraíba que se estenderá até a Avenida Jóquei Clube, em frente ao condomínio Esplanada do Sol e essa seria a nova ligação do Urbanova.  Existe prazo para a execução dessa obra?

Os estudos para construção da via Noroeste, novo acesso a região do Urbanova estão em fase final. A conclusão do projeto está prevista para o segundo semestre.

Por que as ciclofaixas da avenida Shishima Hifumi foram abandonadas?

A ciclofaixa da Avenida Shishima Hifumi foi desativada em 2009. O intuito é dar continuidade a ciclovia existente na avenida, entretanto, a Prefeitura aguarda a decisão judicial sobre uma construção irregular no local para prosseguir com o projeto.

A partir da rotatória da Droga Raia, até quase em frente a Univap, não há sinalização de velocidade, é possível corrigir isso?

A equipe técnica da Secretaria de Mobilidade Urbana fará uma vistoria no local para verificar a necessidade da sinalização.

Em complemento a dúvida anterior, o mesmo acontece no começo da Avenida Papa João Paulo II, não há sinalização de velocidade e os carros correm muito. É possível além da sinalização instalar uma lombo-faixa em frente a Paróquia Santo Agostinho?

A equipe técnica da Secretaria de Mobilidade Urbana fará uma vistoria no local para verificar a necessidade da sinalização.

Não existe faixa de pedestres em frente ao Parque Ribeirão Vermelho, muito menos rebaixamento no canteiro central para travessia de pessoas com necessidades especiais. Existem prazos para que isso seja feito? Lembrando que muitos transitam a pé pelo bairro, existe um residencial em frente ao parque e, a avenida Maria de Lourdes Friggi se tornou um ponto importante para grupos que praticam exercícios ao ar livre.

O local conta com estacionamento onde as vagas para pessoas com deficiência são próximas a portaria e permitem o acesso em nível ao parque. Não foi verificado pela equipe demanda de travessia que justifique o rebaixamento do canteiro, tampouco a implantação de faixa de pedestre.

Existem planos para aumentar as linhas de ônibus que atendem o Urbanova? Por que a Secretaria insiste em reduzir os horários de ônibus nos períodos de férias escolares? Não são apenas estudantes que utilizam transporte público.

Em dezembro de 2017, a Prefeitura ampliou o percurso das linhas 121 – Urbanova-Esplanada / Terminal Central e 128 – Urbanova-Colinas / Terminal Central, beneficiando moradores e pessoas que trabalham nos bairros Residencial Jaguary, Monte Carlo, Mônaco, Colinas do Parathey Sul, Colinas do Parathey Norte, Alphaville II e Alphaville I.

No que se refere ao período de férias escolares, a redução é feita com base nos estudos sobre o sistema bilhetagem do transporte público, que comprovam a redução do número de passageiros transportados.

Como padronizar as calçadas dos condomínios? As calçadas atuais não tem  acessibilidade. Os moradores já formalizaram o pedido via 156, mas nada foi feito.

A construção e adequação de calçadas no município segue a Lei 8077/2010, cuja responsabilidade é do proprietário do imóvel.

Quais as estratégias para estimular o uso de transporte público e bikes. Visto que SJC está 12% acima da média nacional em relação ao uso de automóveis privado? Por que não há estudos mais detalhados, em nosso município, sobre a relação entre a qualidade do ar (que é ruim segundo a própria Cetesb) e o uso excessivo do automóvel privado como solução para o ir e vir? Esse tipo de estudo é fundamental, ainda mais em tempos de revisão do atual Plano Diretor

O Plano Municipal de Mobilidade Urbana (LC 576/16) tem como princípio a equidade no uso do espaço público  de circulação nas vias da cidade. Isso inclui o incentivo ao uso do transporte coletivo e de meios não motorizados de transporte.

Neste sentido, a Prefeitura de São José dos Campos está investindo em medidas que permitam ao usuário escolher a forma de fazer seus deslocamentos pela cidade.

Além da ampliação da malha cicloviária, os novos projetos elaborados pela Secretaria de Mobilidade Urbana visam à conexão das ciclovias e ciclofaixas  existentes, permitindo que as pessoas possam se deslocar pelas regiões utilizando a bicicleta.

Além disso, está em fase final de estudos a implantação do sistema de bicicletas públicas, associado ao transporte público.

Existe a possibilidade de instalação de semáforos inteligentes que detectam o tráfego pelo Google Maps e alteram o tempo dos semáforos de acordo com a necessidade nos pontos mais críticos do Urbanova?

O sistema TrafGo- controle inteligente de semáforos está implantado na Avenida dos Astronautas, região sudeste, desde julho de 2017. Os testes com o sistema já apresentaram resultados como a otimização do tempo de percurso para quem utiliza a via.

Somente após a conclusão desta fase experimental será avaliada a viabilidade de implantar o TrafGo em outras regiões.

Leia a matéria sobre os novos radares instalados no bairro e início das obras de extensão da terceira faixa da Av. Lineu de Moura até a via Oeste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here