Especial: Mês dos Pais

0
218

Sim! Os pais estão cada vez mais participativos e presentes na educação dos filhos. Resolvemos contar nessa edição especial do mês dos pais a história do publicitário Luis Vicente Calasans. Ele tem 44 anos, é casado com a médica Carolina Barragan e pai das gêmeas de 3 anos Laura e Helena.

“Eu sempre quis ser pai, sempre olhei os outros pais com os filhos e via uma cumplicidade única em cada relação que trazia uma história de dedicação e convivência, de bons e não tão bons momentos, mas que conseguia atingir o nível mais puro da cumplicidade entre duas pessoas!

Quando comecei namorar minha esposa, nós dois já trazíamos a experiência de uma relação anterior e por isso era muito claro o que queríamos em um novo relacionamento: criar uma família!

E foi quase assim, após alguns meses frustrados com choro em cada fim do ciclo menstrual, no final de 2014, quando eu estava em um congresso no Rio, recebi um telefonema dizendo que o teste da farmácia deu positivo, imediatamente senti aquele frio na barriga: e agora? Agora a coisa toda vai mudar!!!

Logo recebemos a notícia: são dois, são gêmeos!

Eu não entendi direito o que mudava, mas a Carol, que sabia os riscos deste tipo de gestação ficou muito preocupada, pois a gravidez gemelar é sempre mais arriscada. Para mim era tudo festa, eu já imaginava andar de bicicleta, jogar bola, assistir tv, tudo com duas crianças! Achava sensacional!

Os meses passaram relativamente tranquilos, conseguimos viajar e até correr por um bom período mas o barrigão veio chegando e a Carol perdendo a agilidade e aí até mesmo os buraquinhos do asfalto já incomodavam bastante nos passeios de carro, as coisas definitivamente mudaram!

Já com a gestação bem adiantada começaram alguns problemas de saúde, a pressão subiu bastante e no dia 22 de junho de 2015 os médicos resolveram interromper e fazer uma cesariana.

Só festa! Duas meninas lindas, tudo que planejamos estava ali, éramos uma família de 4 membros!

Nesta fase entendi o que era ser pai de gêmeas, eu tinha tanta responsabilidade com as meninas quanto a Carol, e talvez foi aí que entendi como seria prazeroso ser um pai participativo, banhos, mamás, acordar à noite, trocar fraldas. Tudo isso passou a ser parte do dia a dia e eu curtia muito fazer, pois isso me aproximava tanto da minha esposa quanto de minhas filhas!

Uma das meninas tinha algumas dificuldades para fazer algumas tarefas simples, como mamar por exemplo, aí começamos a correr médicos, fazer todo tipo de exame e quando ela tinha 2 meses recebemos o diagnóstico de Paralisia Cerebral, mais uma vez eu não entendia muito o que estava acontecendo mas minha esposa já tinha total noção do que iríamos enfrentar, porém apesar do choque, tínhamos amor suficiente para cuidar das duas do jeitinho que Deus nos mandou.

Hoje elas estão com 3 anos, Helena é uma criança deliciosa, amiga de todos, só quer brincar, fã de Patrulha Canina e fala aquelas pérolas típicas da idade como chamar a chuva de “água cadente” porque se estrela que cai do céu é estrela cadente a água que cai do céu não pode chamar “chuva”!

A Laura que precisa de atenção especial é uma delícia de criança, ela ainda não fala e não anda e tem uma rotina de terapias pesada mas mesmo assim é super simpática, carismática e está sempre sorrindo e transmitindo alegria.

Por incrível que possa parecer a Helena cuida da Laura sem a gente nunca ter falado nada, ela arruma um jeito de colocar a irmã nas brincadeiras, de deixar sempre um brinquedinho pra ela, cuida para as pessoas cumprimentarem a Laura também, além de abraça-la e beija-la o tempo todo.

Eu adoro ficar com elas, apesar de terem necessidades diferentes eu busco fazer tudo que posso, exatamente como eram meus planos. Eu ando de bicicleta, brinco com os bonecos, assisto tv,  passeio no parque e me sinto realizado com tudo isso.

Eu tenho uma família linda e perfeita, sou muito orgulhoso delas e por isso agradeço todo dia a Deus pois sei que sou privilegiado e tenho a chance de viver minha história de cumplicidade única com minhas filhas!

 

Presente

Quando decidimos escolher um pai para o homenagear na capa da edição de agosto da Revista Urbanova a Thule Store Colinas achou que ele merecia um presente da loja. O Luis Vicente ganhou um case de viagem para dispositivos eletrônicos que permite organizar e transportar um carregador portátil, cabos e acessórios.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here