Eu moro no Urbanova: Mariana Ferri d’Avila

0
1716

(Novembro de 2015)

IMG_7217

 

 

Ela atende pacientes, dá aulas, participa de programas de TV e rádio, escreve para revistas e livros de saúde, oferece consultoria, pratica esporte e atividade física. E ainda é linda! A nutricionista Mariana Ferri d’Avila encontrou na profissão, ferramentas para proporcionar saúde às pessoas.  Com isso, auxilia na prevenção de doenças e devolve a autoestima aos pacientes.

Por Clarissa Passos

 

 

 

​​​É possível estabelecer um perfil de seus pacientes?​

Atendo muitos praticantes de atividade física, atletas, obesidade e sobrepeso ​. ​Mais adolescentes e adultos. Atendo muitas mulheres, porém, percebo que os homens estão muito preocupados com a saúde também, se cuidam mais e buscam uma melhora na saúde e na estética.

Como escolheu sua profissão?

Eu sempre gostei de alimentação saudável, era ligada à esportes e tinha preocupação em comer bem. Aí resolvi entender e poder ajudar as pessoas a encontrarem prazer em comer bem, e como consequência ter mais saúde​, por isso escolhi ser nutricionista.

Quando se deve procurar um nutricionista?

O ideal é procurar um nutricionista para aprender a se alimentar bem. Muitas pessoas acham que sabem o que devem comer, ou que somente pessoas acima do peso ou com alguma doença devem procurar um profissional. O correto seria buscar um profissional para adequar a alimentação de acordo com a realidade e individualidade biológica de cada um. E assim poder prevenir doenças.

Qual é o segredo para emagrecer com saúde não voltar a engordar?

Não existe segredo. Existe um novo hábito. Basta a pessoa entender – o que não é fácil, que se voltar a ter os hábitos antigos, voltará no peso antigo. Então deve ser compreendido que a mudança de hábito alimentar deve ser permanente, e não provisória. Por isso que essa alimentação deve ser de individualizada para que seja possível de ser seguida.

Quais benefícios, além dos físicos, alcançados com o emagrecimento?

Pessoas que seguem uma alimentação saudável e estão bem com relação a gordura corporal, tendem a ter menos riscos de desenvolver doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, depressão, doenças articulares, insônia, doenças gastrointestinais, enxaqueca, doenças hepáticas, entre outras.

Quais os principais benefícios da substituição de alimentos convencionais pelos orgânicos?

Os orgânicos são alimentos livres de antibióticos, pesticidas e agrotóxicos em geral. Normalmente contém mais nutrientes do que àqueles cultivados com agrotóxicos, além do sabor ser infinitamente melhor. No entanto, a durabilidade é menos e às vezes a aparência não é tão vistosa quando comparado aos outros. Os agrotóxicos ainda vêm sendo muito estudado no meio científico, e cada vez mais os artigos comprovam os malefícios do consumo para a saúde, principalmente com relação ao câncer. O Brasil é um dos países com maior consumo de agrotóxicos por habitante.

E a soja, faz bem ou mal?

Estudos apontam que alimentos transgênicos podem aumentar risco de câncer, e grande parte da soja que encontramos no Brasil é transgênica (geneticamente modificada). Além disso, algumas pesquisas apontam que certas substancias presentes na soja podem causar alteração dos hormônios sexuais e diminuição de absorção de alguns nutrientes.

Recentemente a OMS  (Organização Mundial da Saúde) inseriu produtos como salsicha e salame na lista de carcinogênicos.  A carne vermelha foi apontada como fator de risco ‘provável’ para o câncer. Esses dados assustaram a população, mas não revelam nenhuma novidade, não é?

 Carne processada é aquela que é conservada através do processo de cura, defumação, adição de açúcar, sal ou de conservantes artificiais. Isso faz com que o tempo de validade seja maior e o sabor fique diferente da carne feita da maneira caseira tradicional. O consumo em excesso de carnes processadas pode causar, não somente câncer, como hipertensão arterial, retenção de líquidos e problemas gastrointestinais. A quantidade não deve ultrapassar 50g por dia.

Falamos muito no emagrecimento, mas inúmeras pessoas desejam/precisam engordar. O que é preciso fazer para obter sucesso nesses casos?

Primeiro devo esclarecer que o termo engordar é referente ao aumento da gordura corporal, e muitas pessoas que se dizem desejosas de aumento de peso na verdade querem aumento de massa muscular, e não de gordura. Para que haja ganho de massa muscular, seve ocorrer um equilíbrio na dieta e não somente aumento do valor caloiro ingerido. Por isso é tão importante o acompanhamento profissional.

Os “atletas de final de semana” devem seguir alguma dieta específica?

Toda dieta deve ser feita de forma individualizada, pois o alimento que é o remédio para um, pode ser o veneno para outro. O importante citar é que a hidratação é fundamental para todos, principalmente para aqueles que praticam exercício físico. No caso de atletas de final de semana, muitas vezes o esporte é seguido de um churrasco com cerveja com os amigos, e por isso deve ocorrer uma boa hidratação antes e durante o exercício, podendo ate usar isotônicos ou água de coco para potencializar a hidratação.

O que você sugere aos pais que desejam proporcionar uma alimentação mais saudável aos filhos?

Cada vez mais as crianças, comem mais produtos industrializados e menos alimentos caseiros, sem conservantes. Isso se dá, principalmente, pelo fato dos pais buscarem mais praticidade, e se esquecem dos malefícios que isso pode acarretar para a saúde das crianças.

Uma dica é tirar aqueles sucos em pó ou de caixinha e refrigerantes, e trocar por sucos naturais sem adição de açúcar e não coados, água de coco, chás ou até mesmo a água mesmo, muito esquecida pelas crianças.

Quando os suplementos são indicados?

Quando com apenas os alimentos não suprem o que o indivíduo necessita para manter a saúde.

Quais alimentos devem ser consumidos diariamente para manter a saúde?

Água, limão, ovos, vegetais de cores variadas, fibras como linhaça ou chia, oleaginosas como castanhas ou amêndoas, proteínas de alto valor biológico, como frango ou ovo, tubérculos de baixo índice glicérico, como batata doce e mandioca, entre outros.

EU MORO NO URBANOVA: O que mais gosto é a sensação de estar mais em contato com a natureza, ouvir os pássaros, as vacas, o som das folhas das árvores, entre outras coisas. Morei muito tempo em São Paulo. A decisão de morar no Urbanova foi justamente para ficar mais em contato com a natureza, ainda próxima do trabalho, porém com menos barulho de carros e mais sensação de “roça”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here