Eu moro no Urbanova – Rosemary Sanz – Julho de 2012

0
970
EU MORO NO URBANOVA – ROSEMARY SANZ               
Edição 03 – Julho de 2012
 
Foto: Jaide Menezes


 Rosemary Sanz tem 46 anos. É casada e tem dois filhos. É reconhecida na cidade pelo trabalho de destaque que desenvolve há mais de 16 anos no GACC (Grupo de Assistência à Criança com Câncer) como Fundadora e Presidente da Instituição, mas, o que nem todos sabem é que Rosemary tem em sua trajetória uma carreira de sucesso como bailaria clássica, coreógrafa e formadora de profissionais diferenciados no mercado.  

Participou como primeira bailarina de famosos Ballets e teve como partners grandes bailarinos como Fernando Mendes e Laudney Delgado. Produziu espetáculos com a participação especial de Ana Botafogo e André Valadão e das Academia de Ballet e Academia de Ballet Paula Castro.
Rosemary Sanz teve também uma academia e foi durante 11 anos diretora de ballet clássico da Academia Cristina Cará, tendo ministrado cursos de Metodologia de Ballet Clássico e História da Dança em diversos locais, incluindo a Fundação Cultural Cassiano Ricardo.
No GACC, coordenou os trabalhos de construção e implantação do hospital de mais de 6.000m², nomeado Centro de Tratamento Fabiana Macedo de Morais – CTFM/GACC. Foi responsável pela habilitação do CTFM/GACC junto ao Ministério da Saúde como Unidade de Alta Complexidade Exclusiva em Oncologia Pediátrica, sendo o único serviço da região que realiza o tratamento integral de crianças e jovens com câncer.
Rosemary Sanz atua juntamente com toda equipe do CTFM/GACC para oferecer assistência dentro de um serviço estruturado conforme os altos padrões dos melhores serviços hospitalares, tanto para o paciente SUS quanto para o paciente particular e de convênios, sendo reconhecidamente o hospital de referência para o tratamento de crianças e jovens com câncer, com idade entre 0 e 22 anos, dos 39 municípios da região, primando pela excelência e humanização da assistência ofertada.
Foto: Jaide Menezes
Atualmente é Conselheira Titular do COMUS – Conselho Municipal de Saúde, do segmento de Portadores de Patologias Crônicas pela Sociedade Civil e Conselheira Titular do CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – SJC, na Área da Saúde pela Sociedade Civil.
Mora no Urbanova há 10 anos com a família. “Viemos morar no Urbanova porque na época era considerado um bairro afastado, com pouco adensamento populacional e, como meu marido e filhos gostam muito de praticar esportes como bike e futebol, morar num dos condomínios daqui foi a melhor opção, garantindo também a segurança.” conta Rosemary.
Apesar de gostar muito do bairro, preocupa-se com sua rápida expansão. “Tenho receio de que o surgimento de tantos e tão grandes condomínios, tire do Urbanova a característica de um bairro tranquilo.”, justifica.
Rosemary, como começou seu envolvimento com o GACC?
Em novembro de 1995, eu e mais 05 pessoas nos reunimos com a finalidade de fundar um grupo de voluntariado que ajudasse nas demandas que surgiam a partir do diagnóstico de câncer de crianças e jovens que iniciavam seu tratamento em São José dos Campos, mobilizados por um amigo comum, o Dr. Luiz Fernando Lopes. Eu já havia atuado como voluntária num hospital que tratava crianças com câncer em Sorocaba, Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil, – GPACI, durante o período de um ano e meio em que residi naquela cidade. Desse modo, fundamos o Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC que, após construir e inaugurar o seu hospital nomeado Centro de Tratamento Fabiana Macedo de Morais – CTFM, alterou seu nome para Grupo de Assistência à Criança com Câncer.
Como é sua visão sobre o câncer?
Infelizmente, esta doença terrível existe, é uma realidade, acomete milhões de pessoas todos os anos e é responsável por um alto índice de óbitos.
As crianças e jovens também são vítimas do câncer mas, se diagnosticado precocemente e tratado adequadamente, em centros de referência como o hospital CTFM/GACC, as taxas médias de cura são de 70%.
Assim, na minha visão, precisamos lutar para que cada criança e jovem tenha um tratamento de qualidade que garanta todo o seu potencial de cura, promovendo o cuidado emocional, social e educacional além de tornar seu dia-a-dia mais alegre.
O hospital cresceu muito nos últimos anos e se tornou referencia no tratamento do câncer. A que fatores você atribui esse sucesso?
O principal fator para o crescimento e sucesso do GACC é o engajamento, o comprometimento e o incansável trabalho dos voluntários e colaboradores que juntos perseguem a meta de transformar o dia-a-dia de crianças e jovens com câncer e também de seus familiares, em dias melhores e em muitos dias de vida. O reconhecimento acontece porque a comunidade vivencia e comprova através de experiências próprias a qualidade do atendimento oferecido no hospital CTFM/GACC, de modo indiscriminado.
A assistência humanizada e diferenciada, dentro de um serviço estruturado conforme os altos padrões dos melhores serviços hospitalares, ofertada tanto para o paciente SUS quanto para o paciente particular e de convênios, mostra que, acima de tudo, há o compromisso de garantir o melhor a todos, na busca das chances de cura de cada criança e adolescente.
O que você diria para as pessoas que ainda não tiveram a experiência do trabalho voluntário?
Muitas vezes, é difícil achar tempo para desenvolver um trabalho voluntário de modo regular, mas sempre há oportunidades de fazer alguma ação voluntária, seja no seu condomínio, na sua paróquia, igreja ou no GACC, basta querer!
Você será o maior beneficiado ao se dedicar a uma causa em benefício de outro.
Qual é o principal desafio do GACC?
Atualmente, o maior desafio do GACC é conseguir os recursos financeiros necessários para continuar garantindo a qualidade de tratamento para os mais de 500 pacientes, sendo 83% advindos do SUS, e que não necessitam aguardar para receberem nenhum tipo de atendimento, seja de exames, consultas especializadas, cirurgias, internações hospitalares, internação para terapia intensiva, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here