Falando sobre cores…

0
945

Por Arq. Marcelo Guedes

Quem não se encanta com as cores quando chega a um ambiente agradável? Pensando nisso, começamos nosso bate papo de hoje falando sobre o uso das cores e as tendências que nos motivam e estimulam.

As cores refletem nosso estado de espírito, demonstram nossa identidade.

Cores claras como o branco, areia, bege são neutras e contribuem para os ambientes mais discretos. Pode-se ousar na mistura dessas cores com formas e modelos criando assim um ambiente mais leve, porém, sempre cheio de elegância e sofisticação. O contraste pode acontecer por meio de elementos que tornam os espaços singulares e com identidade.

Cada pessoa tem um perfil, um jeito de ser e isso pode refletir muito sobre a sua identidade na decoração do espaço em que vive.

Por outro lado, existem pessoas que gostam de ser estimuladas seja através de uma peça de design diferenciado, seja uma poltrona, uma cadeira com estilo próprio, um sofá repleto de almofadas de cores e formatos contrastando com outros acessórios ou, até mesmo a ousadia dos papéis de parede.

Hoje em dia, os modelos de papéis vão desde os lisos, listrados, os com formato discreto e singelo que imitam formas, os texturizados, com brilhos que realçam com a iluminação e até os que imitam marmorizados.

Cada um a seu modo proporciona a sensação necessária para agradar o cliente. Basta ter a sensibilidade para perceber o gosto de cada um e criar uma atmosfera mais relaxante e discreta.

Já os mais ousados gostam de impor identidade e as cores quentes tornam isso possível nos ambientes.

Cores fortes como o vermelho, o marsala ou o vinho, o laranja e os amarelos intensos, assim como os tons verdes que são tendência hoje em dia contribuem para impor mais personalidade nos espaços.

Existem também os papéis com cores e formatos marcantes, alguns  que imitam tijolos aparentes com efeito rustico que também estão em alta refletindo uma tendência moderna como referência industrial, porém, sendo acolhedor e cheio de personalidade.

Nos acabamentos a mistura de cores sempre contribui pra se ter um bom resultado, entretanto, temos que perceber qual a sensação que queremos. Se for para criar uma atmosfera mais cheia de personalidade a mistura de cores quentes contribui na ousadia, se for para criar detalhes marcantes, uma combinação de cores aliada a uma boa escolha de papel de parede é importante saber o que mais agrada aos olhos. Sempre temos que perceber que o ambiente reflete a nossa personalidade. Afinal, pessoas calmas e tranquilas ficarão encantadas em ambientes em tons neutros, porém, pessoas criativas e cheias de personalidade se encantam com paredes quentes, um quadro marcante ou até mesmo almofadas coloridas que vão dar o tom da sua vida.

Afinal, se a vida é uma tela pra que temos que manter essa tela em branco??? Ouse nos detalhes, crie a sua identidade, mas acima de tudo tenha um bom profissional ao seu lado pra te orientar e mostrar que a vida é bem melhor com a cor que nos agrada.

Sucesso a todos e até a próxima…

Marcelo Guedes é Arquiteto e Urbanista formado pela Universidade Braz Cubas de Mogi das Cruzes. Foi presidente da AEASJC – Associação de Engenheiros e Arquitetos de SJCampos e diretor do IAP (Instituto de Aprimoramento Profissional) da Aconvap – Associação das Construtoras do Vale do Paraíba e foi professor da Unip.

Também integra o projeto Caminhos da Arquitetura e já fez parte da Câmara Técnica do CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo e Gerente do Crea/SP.

Atualmente é Professor Universitário da Universidade Anhanguera e do Senac.

Trabalha com Projetos de Arquitetura e Projeto de Interiores, especializado em Luminotecnica e Planejamento e Gerenciamento de Projetos. 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here