Flexibilização da quarentena começa na próxima segunda (1)

0
26

A reformulação no modelo de quarentena no Estado de São Paulo foi anunciada hoje (27) pelo Governador João Doria Jr.

Apesar da quarentena ter sido prorrogada até o dia 15 de junho, haverá flexibilização por etapas a partir da próxima segunda (1).

A partir do dia 01 poderão voltar a funcionar concessionárias, imobiliárias, escritórios, comércios e shoppings centers, mas ainda com restrições.

O Prefeito Felício Ramuth informou que os detalhes da flexibilização serão divulgados amanhã, com a publicação de um decreto.

“Hoje é um dia importante pra São Paulo e os 46 milhões de brasileiros de São Paulo. Estamos anunciando a retomada consciente a partir de 1º de junho. Manteremos a quarentena até 15 de junho, mas com a retomada de algumas atividades econômicas”, disse Doria. “Todas as decisões do governo em relação à covid-19 foram pautadas pela ciência e medicina. Aqui não há achismos”, disse.

Segundo Patrícia, Secretária de Desenvolvimento Econômico, a primeira fase, vermelha, é de alerta máximo, com funcionamento apenas de serviços essenciais.

A fase dois (laranja) é de controle, de atenção, ainda com medidas restritivas, mas já é possível iniciar flexibilização em alguns setores, como atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shoppings centers.

Na fase três (amarela), é possível reabertura num número maior de setores, somados aos da fase dois, seriam adicionados bares e restaurantes e salões de beleza, mas ainda com restrições.

Na fase quatro (verde), haverá um nível de abertura maior, incluindo academias, mas ainda com restrições. E a fase cinco, chamada de “o novo normal controlado”, a liberação total, mas com medidas de higiene.

O Governador informou, ainda que a flexibilização vai levar em conta a capacidade do sistema de saúde, com a taxa de ocupação de leitos de UTI e o número de leitos por 100 mil habitantes, além da evolução da epidemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here