Obra da ciclovia do Arco da Inovação inicia nova fase nesta quinta (10)

0
313
Arco da Inovação-Urbanova
Foto: Claudio Vieira

As obras da ciclovia que irá passar pelo Arco da Inovação seguem em ritmo acelerado e terão uma nova frente iniciada a partir desta quinta-feira (10). A obra irá conectar as regiões central, oeste e sul, e possibilitar uma nova opção de deslocamento para quem mora, trabalha ou escolhe pedalar por estas regiões.

Nesta quarta-feira (9), o trecho onde os trabalhos foram iniciados (avenida Eduardo Cury, próximo à rua Ana Maria Nardo, até a rotatória do Colinas) chegou aos 97% de execução, restando apenas a sinalização cicloviária.

Já nesta quinta-feira (10) serão iniciados os trabalhos de mobilização para o início das obras no trecho entre a entrada do Condomínio Reserva da Barra até o início da avenida Benedito Matarazzo, um traçado de cerca de 750 metros. A previsão é que o trecho seja concluído em 30 dias.

O projeto

A ciclovia passará pelas avenidas Eduardo Cury, Jorge Zarur, Rodrigo Reis Tuy e Benedito Matarazzo e terá 3,6 quilômetros de extensão. Com a nova ciclovia, os ciclistas poderão, por exemplo, sair do Urbanova, na região oeste, ou de Santana, na região norte, e ir até o bairro Dom Pedro 2º, na região sul da cidade.

A obra, financiada com recurso do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), integra o complexo viário do Arco da Inovação, em construção no principal ponto de congestionamento da cidade atualmente.

A Prefeitura de São José incentiva o uso do transporte sustentável, tem aumentado a oferta desses modais e se preocupa em dar melhores condições aos usuários, principalmente de segurança, para esses tipos de deslocamentos.

No início de 2017, a cidade possuía 79 quilômetros de malha cicloviária e atualmente são 96 quilômetros, distribuídos em todas as regiões de São José. O objetivo da Prefeitura é que, em 2020, a cidade chegue a 157 quilômetros da malha cicloviária.

Neste ano, a Prefeitura também iniciou as obras da ciclovia do DCTA/avenida dos Astronautas, que terá 6 quilômetros de extensão, além das ciclovias que irão compor os projetos da Via Cambuí (região sudeste) e Via Jaguari (região norte), com 8,6 km e 4 km, respectivamente.

O traçado

A ciclovia começará na avenida Eduardo Cury, próxima à rua Ana Maria Nardo, conectando-se com as ciclovias da avenida Linneu de Moura e Via Oeste e seguirá pelo lado esquerdo da avenida Eduardo Cury, no sentido centro.

Na rotatória do Colinas, a via passará por baixo da ponte estaiada e seguirá pela avenida Jorge Zarur. Para transpor o córrego Senhorinha será construída uma passarela. A partir deste ponto, a ciclovia continua até a avenida Rodrigo Reis Tuy, seguindo paralelamente ao Anel Viário.

Próximo à linha de transmissão que margeia a avenida Florestan Fernandes, será implantada outra passarela para transpor o Anel Viário, cujo encaixe será novamente na avenida Jorge Zarur. Na sequência, a ciclovia chega até a avenida Benedito Matarazzo, marginal à via Dutra, onde se conecta a passarela próxima ao Shopping, na região sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here