Prefeitura implanta projeto piloto de telemedicina em 5 unidades

0
62
O dermatoscópio fará a captação e envio de imagens através de tecnologias seguras de comunicação online - Foto: PMSJC

A partir da próxima semana, a Prefeitura de São José dos Campos vai ampliar o acesso dos usuários que buscam por consultas com especialistas na rede pública de saúde do município. Um projeto piloto de telemedicina será implantado inicialmente em 5 unidades básicas, que passarão a ofertar consultas de dermatologia e endocrinologia por meio de uma parceria com a SPDM, que gerencia o Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence.

A contratação do serviço é prevista pelo Ministério da Saúde, que o define como consulta com o fim de esclarecer dúvidas sobre procedimentos clínicos e diagnóstico, realizada por meio de telecomunicação bidirecional, nas modalidades síncrona (em tempo real) ou assíncrona (por meio de mensagem off-line).

A princípio, o serviço será realizado pelo período de 5 meses, nas UBS’s Jardim Satélite, Bosque dos Eucaliptos, Jardim Morumbi, Novo Horizonte e Jardim da Granja, devendo ser ampliado gradualmente após esta data para outras unidades da rede.

Como trata-se de um projeto piloto, nesses primeiros 5 meses não há custos envolvidos no acordo, pois os recursos investidos pela SPDM na implantação do serviço já estão dentro do contrato vigente com a Secretaria de Saúde.

O acordo prevê a utilização de equipamento dermatoscópio com registro na Anvisa para captação e envio de imagens, através de tecnologias seguras de comunicação  online com fornecimento de toda infraestrutura física, equipamentos e softwares indispensáveis.

Os médicos clínicos das 5 Unidades Básicas já receberam treinamento para manuseio dos equipamentos, software e utilização da plataforma. O projeto inicialmente contará com 7 dermatologistas da própria rede e 1 endocrinologista da SPDM, que ficarão em uma central no Hospital Municipal. Eles darão todo o suporte ao médico assistente da UBS no diagnóstico e os orientará quanto ao tratamento mais adequado para cada paciente.

O serviço deverá ser disponibilizado no horário de funcionamento das UBS’s, das 7h às 18h. Para atendimento assíncrono (por meio de mensagem off-line), a devolutiva deverá ser feita em até 72 horas, considerando os dias úteis.

O parecer do especialista deverá ser realizado através de laudos via sistema online, que serão enviados ao médico que acompanha o paciente presencialmente, com a indicação de tratamento (conduta clínica) dos casos de menor risco na própria unidade básica, e casos mais complexos encaminhados de forma priorizada para o especialista. Na especialidade de dermatologia o laudo deverá ser composto também por uma descrição e classificação de risco da lesão.

Ampliação do acesso

A telemedicina, ou teleconsultoria, é uma modalidade tecnológica com o potencial de aumentar e fortalecer o acesso à assistência secundária, uma vez que permite que o médico assistente da atenção primária estabeleça contato com médico especialista para esclarecer dúvidas sobre casos e procedimentos clínicos para a melhor definição diagnóstica e condução de tratamento.

A telemedicina qualifica o encaminhamento para outros níveis, sendo também uma oportunidade de educação continuada por meio da troca de saberes entre o especialista e o médico clínico de forma direta e contínua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here