Saúde e Movimento: Horário de verão e os impactos em sua rotina!

0
140
Horario-De-VErao

Por Elisa Prits

Mais uma vez mudamos o horário e o corpo vai dar aquela balançada na primeira semana.

“Perdemos” uma hora de sono e o organismo sente os efeitos e com certeza algo de estranho vai acontecer nesses primeiros dias. A fome e o sono não virão nas horas certas, os treinos podem não render tanto e a irritabilidade e cansaço podem surgir durante atividades de trabalho e intelectuais.

Dificilmente alguém dorme uma hora mais cedo, mas, obrigatoriamente, acordamos uma hora mais cedo.

Estudos afirmam que o sistema imunológico fica comprometido, pois o corpo precisa se recuperar dessa hora de sono perdida. Então, se acordamos e está escuro e demora para escurecer a noite, o corpo funciona de maneira diferente e o organismo demora para se adaptar.

A qualidade dos estudos e rendimento do trabalho fica reduzida devido ao cansaço. A memória também fica afetada, principalmente nas primeiras semanas após a mudança.

Com pouco sono, há interferência na produção do hormônio do crescimento que é liberado quando estamos em sono profundo. Isso pode contribuir para o envelhecimento precoce, caso se torne algo crônico.

Enumerei dicas básicas para amenizar os efeitos da mudança de horário, acerte seus relógios e siga o passo-a-passo.

Na hora de dormir… Desligue a televisão e deixe de lado os tablets e celulares. Coloque tudo no silencioso e não fique checando as mensagens deitado na cama. A luz dos aparelhos eletrônicos deixa nosso cérebro mais desperto e (apesar de muita gente dizer que dá um soninho ver TV) isso pode influenciar negativamente no descanso do corpo.

Tente relaxar e não pensar em nada. Técnicas de meditação podem ser bem úteis para “desligar” a mente!

Consuma alimentos e bebidas calmantes como chá de camomila ou suco de maracujá e evite os termogênicos e estimulantes nesses horários, como café, pimentas e gengibre.

Relaxe! Determine um horário para deitar, mesmo se não estiver com muito sono, se você se deitar sempre na mesma hora, em um ou dois dias o corpo vai entender que esse é o momento de relaxar, criando uma rotina o sono virá naturalmente.
Sua alimentação… Não é hora de tentar nada novo. Deixe as inovações para a semana que vem. Uma nova dieta pode esperar mais uns dias. O corpo já tem informações demais para organizar nesses dias pós-mudança do horário.

Evite alimentos muito gordurosos ou com açúcar em excesso. Uma boa digestão garante bem-estar o dia todo, fazendo suas horas renderem sem mau humor e nada de exagerar no prato à noite, para que o sono seja de qualidade e sem interrupções.

A mesma dica anterior vale para bebidas alcoólicas. Se já é difícil entrar no ritmo estando sóbrio, imagine de ressaca!!! Nem pense em beber em excesso ou estender o happy hour até a madrugada.
Aumentar o consumo de líquidos como sucos DETOX, gelatinas e mesmo água ao longo do dia vai hidratar e ajuda a metabolizar melhor as toxinas.

Os treinos nessa semana: Assim como na alimentação, nesse item também não é hora de radicalizar! Mantenha sua rotina normal de atividades físicas. Aumentar bruscamente pode gerar um desconforto muscular, além de não ser recomendado NUNCA o exagero.

Se pretende aumentar o volume ou intensidade dos treinos, faça-o gradualmente. Não praticar exercícios também não é legal, pois aquela energia que você destina diariamente para isso será estocada e pode gerar uma irritabilidade ou insônia.

Organização: Deixe tudo preparado na véspera. O material que vai levar para o trabalho, a mochila para academia, a louça da mesa do café da manhã… ou qualquer coisa que vá usar no dia seguinte. Assim, se perder a hora, já estará tudo mais ou menos engatilhado para facilitar seu dia!

Agora vamos encarar a mudança sem tantos traumas pro nosso corpo. Ótima semana a todos.

Elisa Pritsopoulos

Personal Trainer

Esp. Fisiologia do Exercício

CREF 1035-45 – G/SP

Instagram: ElisaPrits

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here