Seu condomínio já tem uma comissão de segurança formada?

0
21

Por José Eduardo Santos  

Se ainda não tem, converse com o síndico para sugerir a formação dessa Comissão. É uma forma interessante de ajudar o síndico no procedimento de segurança patrimonial e eletrônica, um dos setores prioritários do condomínio.

Minha sugestão para a comissão de segurança é primeiramente conhecer as instalações da portaria, saber se ela está totalmente informatizada para atender com agilidade a segurança dos condôminos, e conhecer também o funcionamento do controle de acesso dos visitantes e prestadores de serviços. Em alguns condomínios, existe sala de monitoramento para controlar todos os sistemas eletrônicos. Em outros de menor porte, esses  controles são efetuados pelo próprio porteiro conforme abaixo:

Acesso Informatizado: sistema atual de acesso, como cancelas, biometria, leitor do carro, tag e controle remoto etc.

Segurança Eletrônica: Câmeras, proteções perimetrais (cercas elétricas, concertinas, sensores infravermelho etc). Deve-se apurar se estão funcionando de acordo com as necessidades do condomínio.

Procedimento de Segurança: Verificar se as normas estão em conformidade com as particularidades e necessidades do seu condomínio. Se o seu condomínio ainda não tem esse procedimento, é importante providenciá-lo para que os porteiros ou vigilantes o utilizem nas rotinas diárias.

Mão de Obra Terceirizada: Analisar se o dimensionamento de pessoas que trabalham na portaria, rondas e monitoramento está em conformidade com as necessidades do condomínio e se todos recebem treinamentos, e verificar se as manutenções preventivas dos sistemas acontecem dentro das programações. Diante dessas responsabilidades, é fundamental que o funcionário conheça todas as suas alternativas em casos de emergências, para tomar uma decisão.

A comissão de segurança pode também sugerir ao síndico as melhorias dos equipamentos e a capacitação da mão de obra que opera tais equipamentos. Pode-se também recomendar a substituição da empresa de Zeladoria ou Segurança, em busca de melhores condições operacionais, financeiras, além de comprometimento e experiência.

Para atingir o objetivo dos trabalhos, os membros da comissão de segurança devem criar um escopo com data de início e fim de cada atividade e os nomes e responsabilidades de cada membro. Em seguida, deve-se mapear as áreas vulneráveis do condomínio e iniciar os trabalhos.

O insucesso da comissão acontece quando essa formalidade não é respeitada, quando não se tem escopo definido e quando os seus membros não estão comprometidos em atingir o objetivo final.

Forte abraços !

José Eduardo Santos  

Coneleste Vigilância e Segurança

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here