Um gesso para cada gosto

0
1024

Por Marcelo Guedes

O gesso é um material presente em quase todas as obras e é indispensável para o acabamento de tetos e revestimento de forros, podendo inclusive ser usado como parede por ser um material bastante versátil.

A produção do gesso tem início com a extração da gipsita, um mineral, que em seguida passa por um processo de trituração. E, depois é aquecido a altas temperaturas, num processo chamado calcinação. O material sofre uma desidratação parcial e com a evaporação da água é obtido o gesso.

O gesso é muito usado na construção para fins de vedação, forros, paredes e divisórias, e para fins de acabamento, sendo aplicado como revestimento. Quando falamos no emprego do gesso para estes fins, estamos nos referindo a dois tipos de produtos: o gesso comum e o gesso acartonado (placas).

Existem também outros tipos usados, como o revestimento de gesso, uma espécie de argamassa de gesso aplicada diretamente na laje ou na parede ou sobre o reboco, e o gesso fundido, um sistema parecido com a alvenaria, constituído de blocos de gesso.

Para a vedação do forro, os tipos de gesso indicados são o gesso comum e o gesso acartonado. O gesso comum possui um preço melhor e é utilizado em muitos casos. As placas de gesso são fixadas por encaixas das próprias peças e sustentadas por arames galvanizados. O gesso acartonado, também conhecido como Drywall, é composto de gesso, aditivos e uma camada dupla de papel cartão, que o torna mais resistente a rachaduras. As placas são fixadas em perfis metálicos.

Em todos os casos podemos obter excelentes resultados com o uso do gesso.

Em acabamentos internos usamos molduras em gesso de vários formatos e tamanhos para obter melhores acabamentos. De fácil manuseio, o gesso consegue deixar os tetos bem diferenciados. Importante saber contratar um bom profissional para executar exatamente conforme o projeto de um arquiteto ou designer de interiores.

Com o gesso podemos fazer rebaixamentos de teto e acabamentos no forro. Além da questão estética e da possibilidade de trabalhar com diferentes estilos de iluminação, o gesso tem ótimo desempenho térmico e acústico.

Entre as vantagens da escolha pelo gesso acartonado, mais comumente empregado, podemos mencionar a rapidez de execução, o acabamento mais refinado, redução de resíduos, a otimização das instalações elétricas e hidráulicas, além do ótimo desempenho para o conforto do ambiente.

Além de agregar mais personalidade e elegância aos ambientes, as sancas de gesso também permitem o uso da iluminação como elemento cênico e decorativo tornando cada ambiente único e especial.

Seja em linhas retas, curvas, molduras finas ou largas, rebaixos ou detalhes o gesso consegue ser uma solução para tornar a decoração mais elegante e sofisticada. Por isso, saiba escolher o melhor modelo que lhe agradar e deixe seu espaço bem personalizado.

No final complemente com os acessórios de iluminação mas isso já é um outro assunto em próxima edição.

Também temos os painéis de gesso em 3D fáceis de utilizar, que oferecem requinte e personalidade para qualquer espaço.

Com a utilização dos painéis de gesso 3D podemos destacar uma área específica do ambiente ou parede e transformar um simples espaço em um ambiente super requintado e charmoso.

Além das funcionalidades do gesso tradicional, os painéis de gesso 3D tem uma significante riqueza de detalhes que surpreende na qualidade do resultado final, inclusive com vantagem de preço e fácil aplicação desse tipo de revestimento.

E você qual tipo de gesso você prefere???

Um abraço e até a próxima…

Marcel11666108_912771558794299_8332970091254177180_no Guedes é Arquiteto e Urbanista formado pela Universidade Braz Cubas de Mogi das Cruzes. Foi presidente da AEASJC – Associação de Engenheiros e Arquitetos de SJCampos e diretor do IAP (Instituto de Aprimoramento Profissional) da Aconvap – Associação das Construtoras do Vale do Paraíba e foi professor da Unip.

Também integra o projeto Caminhos da Arquitetura e já fez parte da Câmara Técnica do CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo e Gerente do Crea/SP.

Atualmente é Professor Universitário da Universidade Anhanguera e do Senac.

Trabalha com Projetos de Arquitetura e Projeto de Interiores, especializado em Luminotecnica e Planejamento e Gerenciamento de Projetos. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here