Urbanova sofre com a falta de policiamento

0
4238

VIOLÊNCIA

Fluxo, agressões e arrastão no comércio do bairro assustam a população.

Há pelo menos 5 anos os fluxos no Urbanova têm sido pauta na imprensa. Perturbação de sossego e vandalismo são as principais queixas.

Algumas ações foram tomadas pela Prefeitura Municipal de São José dos Campos a fim de combater os fluxos, bem como: instalação de placas impedindo os veículos de estacionarem próximos à Ladeira do Urbanova e placas proibindo som alto após as 22h.

Ao longo desses anos, as queixas da população sobre a atuação da polícia diante dos fluxos no bairro foram frequentes.  Por outro lado, a Polícia Militar alega que não consegue priorizar a contravenção penal existente no Urbanova frente aos crimes que acontecem no município.

Na noite do dia 26 de novembro a situação se agravou. Moradores testemunharam de suas janelas uma cena de covardia, na qual cerca de 5 pessoas agrediram um agente de trânsito Segundo relatos, os agressores jogaram pedras, danificaram o veículo da Prefeitura e ainda levaram a chave do carro. Os agressores foram levados à delegacia. “Diversos carros atravessando pelo canteiro, atirando garrafas nos carros da guarda municipal, uma cena lastimável. Vimos tudo da nossa janela! Nenhum carro da polícia apareceu para dar apoio”, disse uma testemunha.

“Estamos com medo. Até quanto teremos que conviver com isso?” questionou outra testemunha.

“Já fizemos diversos requerimentos junto a Câmara Municipal, muitos pedidos foram atendidos, mas alguns ainda não. A polícia está ausente no bairro. Será que terá que acontecer algo ainda mais grave para uma ação mais efetiva?”, questionou o vereador Rogério Cyborg.

A Prefeitura confirmou que um agente de trânsito foi agredido por um grupo de pessoas enquanto fiscalizava o local. O funcionário foi submetido ao exame de corpo delito e passa bem. A Secretaria confirmou também que uma viatura da equipe de fiscalização de trânsito foi danificada por pedras e garrafadas atiradas pelos baderneiros.

Dois agressores foram levados à delegacia para prestar esclarecimentos. A prefeitura lamentou o ato de violência aos agentes públicos no exercício da função e informou que as providências necessárias para a punição dos responsáveis estão sendo tomadas junto a Polícia Civil.

Arrastão: na madrugada de domingo para segunda, pelo menos 7 comerciantes do Urbanova tiveram seus estabelecimentos arrombados e furtados.  Segundo a Polícia, a invasão foi executada por três indivíduos que utilizaram um veículo fiat Elba.

Os comércios invadidos foram: Dona Zoa, Imigratti Pizzaria, Urba Pizza, Moça Bonita, Boteco eu mereço, Friends Petiscaria e Padaria Fênix. Além desses, alguns estabelecimentos relataram que houve tentativa de arrombamento.

“A insegurança no bairro vem sendo relatada há bastante tempo sem que alguma providência seja tomada. Esse arrastão foi apenas mais uma consequência de termos um comércio num bairro sem segurança e conhecido como os delinquentes como sendo fácil de assaltar”, disse João Datti, proprietário da Dona Zoa.

A Polícia Militar esteve no Urbanova na manhã desta segunda feira a fim de realizar um levantamento de todos os bens furtados. Os comerciantes foram orientados a registrar o boletim de ocorrências. O balanço ainda não foi divulgado.

O veículo utilizado na ação foi encontrado pela Polícia Militar no bairro Jardim da Granja. O carro era produto de furto. A PM também confirmou que o carro era ocupado por 3 criminosos durante o arrastão realizado nesta madrugada. O caso foi registrado no 8º Distrito Policial.

(Reportagem produzida em parceria pela Revista Urbanova e Aquarius Life)

Confira abaixo os vídeos com a ação dos bandidos. O 1º vídeo é da Padaria Fênix e o 2º do Boteco Eu Mereço.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here