Perturbação de Sossego: Ladeira Urbanova

0
565

Perturbação de Sossego

Queixas sobre o uso indevido da Ladeira Urbanova só aumentam. Moradores pensam em deixar o bairro.

19mar2016Há cerca de 1 ano, publicamos na Revista Urbanova uma matéria sobre a reunião de um grupo de moradores com o Secretário de Defesa do Cidadão, Sérgio Werneck para tratar da falta de respeito à lei do silêncio e a perturbação sossego e da ordem pública na ladeira do Urbanova, localizada na Av. Celuta Barbosa Mendonça, no final da Avenida Shishima Hifumi.

O problema persiste e, segundo os moradores piora a cada final de semana.  As queixas vão muito além do lixo e som alto, também são relatados consumo de álcool, venda e consumo de drogas,  rachas de motos e carros nas madrugadas aos finais de semana. Cabe lembrar que a ladeira é frequentada em sua grande maioria por adolescentes menores de idade.

Os moradores registram as reclamações à polícia e prefeitura, porém o problema só tem piorado nos últimos meses. Salvo nos momentos em que realmente há ações da polícia. Porém não há prisão ou autuação, pois ao serem alertados pelas luzes e som da chegada da polícia os infratores desligam o som. Depois que a polícia vai embora eles ligam novamente.

“Quando ocorre a aglomeração de pessoas em um determinado lugar, como na ladeira do Urbanova e em outros pontos da cidade, é importante que o poder público se faça presente para disciplinar o uso do espaço público. Sem a presença do poder público para disciplinar e fiscalizar o uso da via (trânsito), o estacionamento de veículos, o descarte de lixo, a emissão sonora pelos automóveis estacionados e o consumo de álcool por adolescentes, dentre outras tantas medidas, a tendência é a instalação da desordem e a degradação do ambiente”, informou a Polícia Militar.

A Polícia Militar informou ainda que as ligações para a Polícia Militar advindas dos moradores desses lugares ocorrem principalmente pela perturbação do sossego e, ressaltou que em São José dos Campos está em vigor a lei municipal 8.940 de 2013, que estabelece limites para emissão de ruídos. A punição aos infratores da lei é uma multa, que varia entre mil e vinte mil reais, de acordo com a gravidade da infração.

Uma placa de uso proibitivo de som foi instalada na Av. Shishima Hifumi, para os moradores a placa está distante da ladeira. “Na reunião que tivemos em 2015 o Secretario Sergio ficou com a ação de instalar 3 placas proibindo o sob alto ao longo da Av. Celuta Barbosa (na ladeira) e isso não foi feito”, cobrou o morador André.

A Secretaria de Defesa do Cidadão informou que a Ladeira do Urbanova voltará a ser alvo de fiscalizações conjuntas da Prefeitura e PM e que  o Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais da Secretaria de Defesa do Cidadão dispõe de equipamentos para medir os decibéis produzidos por fontes geradoras de ruídos como imóveis comerciais e industriais.

Bar: De acordo com o Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais, da Secretaria de Defesa do Cidadão, o bar localizado na Ladeira está com inscrição regular. Nas últimas ações feitas, o estabelecimento estava fechado, sendo que a fonte de reclamação eram os veículos estacionados na via.

Alphaville

Moradores reclamam também do som alto e uso de drogas em outros pontos do bairro, como na “ladeira” do Alphaville, porém a Secretaria de Defesa do Cidadão alegou que não há registro de reclamação no Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais da Secretaria de Defesa do Cidadão no local.

Denuncie!

153 – Guarda Civil Municipal

190 – Polícia Militar

BOX:

Neste final de semana tivemos umas das piores noites que já vi em mais de 3 anos que este problema acontece. Foi na madrugada de sábado (dia 20/08/2016).  Apareceram mais de 30 carros sendo que pelo menos 5 destes pareciam estar “competindo” para saber quem tem o sistema de som mais potente.  Foi terrivel !!! Só terminou por volta das 3:20hs da madrugada.
Liguei para a policia mais de sete vezes e nada foi feito. Não vi nenhuma viatura, somente três motos aparecerem por volta das 1:20hs e quando foram embora, tudo piorou.
Parecia até retaliação por termos chamado a policia.  O que precisa ser feito para que a lei seja cumprida? Sem mencionar o elevado consumo de bebidas alcoólicas associado à direção. 

(Relato do morador A., que preferiu não se identificar)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here