Projeto ‘Selvagens’ fala sobre autonomia, direitos e violência contra a mulher

0
149
Marcela de Andrade, do Centro Dandara de Promotoras Legais Populares. Crédito: Julio Rhazec/ Divulgação

Centro Dandara defende autonomia, solidariedade e vigilância para proteção e garantia de direitos das mulheres

O projeto cultural Selvagens, que propõe a abordagem de diversos aspectos da saúde mental e a percepção de loucura na sociedade contemporânea, apresenta nesta sexta-feira, 14, mais dois episódios da série de podcasts Vozes. O tema será “Pelo fim da violência contra a mulher” e contará com a participação de Marcela de Andrade, ativista feminista e diretora executiva do Centro Dandara de Promotoras Legais Populares, de São José dos Campos.

O conteúdo vai ao ar pela plataforma soundcloud.com/selvagensvozes em dois horários: ao meio-dia e às 17h. No episódio 6, “A violência como Epidemia”, Marcela de Andrade fala sobre a criação do Centro Dandara, que tem importante papel na rede de proteção à mulher em situação de violência na cidade. Proteção que começa com um trabalho de informação e conscientização sobre direitos para maior autonomia e participação comunitária da mulher, a fim de garantir que a rede de serviços contra a violência seja acessível e chegue a quem precisa.

Um dos serviços mais conhecidos do Centro Dandara é o Curso de Promotoras Legais Populares. “É uma ação afirmativa para mulheres, para democratizar o direito. Ele vem para dar autonomia para essa mulher e ela mesma ser a multiplicadora desse direito”, explica Marcela. A ativista de origem indígena também defende o preenchimento do documento de notificação compulsória para casos de violência em todos os estabelecimentos públicos que prestem atendimento à mulher nesses casos. “É a partir dessa ficha que a gente tem números e dados para políticas públicas”.

O episódio 7, às 17h, vai abordar a questão do acesso às ferramentas de denúncias, especialmente durante a pandemia; o preconceito que cerca o tema; e de como a mobilização e a solidariedade são importantes para se romper o chamado ciclo da violência, e também garantir que não ocorram retrocessos em relação às políticas de proteção e direitos das mulheres.

Sobre o projeto

Os podcasts Vozes são parte do resultado de 20h de entrevistas gravadas entre novembro de 2019 e março deste ano pelo projeto Selvagens, com profissionais, pacientes e dirigentes ligados à saúde mental, além de lideranças das comunidades negra, LGBT e do movimento de mulheres, grupos historicamente mais vulneráveis a situações de violência e sofrimento psíquico.

“Por conta do volume e relevância do material que conseguimos, e também para aproveitar ao máximo essas entrevistas, decidimos direcionar parte desse conteúdo para podcasts, o que é uma novidade no projeto, já que, inicialmente, seria apenas o webdoc”, explica o diretor de Vozes, Julio Rhazec, que trabalha na concepção deste outro produto, previsto para o mês de outubro.

O projeto ainda contará com peça teatral, em processo de criação, com direção de Fabiana Monsalú, abordando o teatro performativo adaptado para as redes digitais. Para o ator e produtor Ricardo Salém, “a variedade de formatos tem o objetivo de atingir e se relacionar com diferentes tipos de público”.

 

Selvagens – Vozes

14/08 – “Pelo fim da violência contra a mulher”, em dois horários: 12h e 17h;

Canal: www.soundcloud.com/selvagensvozes

Conteúdo não adequado para menores de 12 anos.

 

Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

Rua Romeu Carnevalli, 140, Jardim Bela Vista. Fone: (12) 3204-4508.

 

Plataformas digitais

 

https://projetoselvagens.wixsite.com/2020

https://www.instagram.com/selvagensprojeto/

https://www.facebook.com/ProjetoSelvagens/?modal=admin_todo_tour

 

 

Esse projeto é beneficiado pelo Fundo Municipal de Cultura de São José dos Campos

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here